ATACAMA 01.jpg

CHILE

Volar Travel e MaratonaFoto.com:
O GRANDE DESERTO DO ATACAMA 
07 DIAS / 06 NOITES

A Maratona ao Grande Deserto do Atacama, foi essencialmente planejada para proporcionar uma experiência fotográfica a um dos destinos mais surpreendentes e fascinantes do Continente Sul-americano. 

O deserto cobre uma área de aproximadamente 1.000 km de extensão e está localizado na região norte do Chile entre a Cordilheira da Costa, no Pacífico e a imponente Cordilheira dos Andes, a oeste.

A variação de altitude dessas montanhas que começam próximas ao nível do mar chegando até 6.683 m, funciona como uma barreira natural impedindo a chegada da umidade do oceano ao ou lado das montanhas.


Sendo assim, o Atacama é conhecido como o deserto mais alto, árido e provavelmente o mais antigo do planeta.

ATACAMA 02.jpg
ATACAMA 03.jpg

Nossa aventura fotográfica começa pela histórica vila de San Pedro,
com suas casas de adobe e arquitetura típica do deserto.

Será nossa base e ponto de partida em todos os destinos.

Instalada no coração do deserto, com uma vista constante do 
Vulcão Licancabur, San Pedro é o centro da cultura atacamenha e de 
civilizações que habitaram a região há mais de 11.000 anos.

Os spots escolhidos para essa maratona tem como destino 
lugares visualmente magníficos e emocionantes que incluem: 

 

  • Logo pela manhã, clicar o despertar do campo geotérmico, Gêiseres del Tatio, que expelem vapor e jatos de água formando um espectro de cores contra a luz do sol nascente;
     
  • Participar de um workshop noturno aproveitando o céu mais límpido do planeta para captar estrelas, todas elas!;
     

  • Desafio MaratonaFoto.com - Etapa Pueblo de San Pedro. Com o objetivo de estimular a criatividade, o desafio é realizar o registro mais original e emocionante das diferentes texturas forjadas e amontoadas pelos séculos de ocupação e miscigenação dos povos atacamenhos em San Pedro há 2400 metros de altitude;
     

  • Contemplar e escolher a melhor composição das amplas paisagens dos Vales da Lua, da Morte e do Arco íris;
     

  • Fotografar as lagoas alltiplânicas de cor verde-turquesa formadas pelo degelo dos vulcões no climax da hora mágica;
     

  • O Salar de Tara, uma imensa planície de sal cujas lagoas abrigam populações de três espécies de flamingos - visual garantido;
     

  • Retratar a imensidão do Salar de Tara tingido pelos flamingos que espelham seu vermelho na serenidade das lagoas;
     

  • Entre outros spots especialmente estudados e planejados para garantir as melhores imagens.


Venha conhecer e vivenciar conosco esta experiência seguindo o conceito do MaratonaFoto.com!

ATACAMA 04.jpg

Acompanhe abaixo o Roteiro Completo:

1° DIA - SÃO PAULO/BELO HORIZONTE > SANTIAGO > CALAMA > SAN PEDRO DE ATACAMA

Apresentação no aeroporto de São Paulo ou de Confins, para o voo com destino a Santiago com conexão para Calama. 

De lá, faremos um percurso de 100km, por terra, em direção a sudeste até San Pedro de Atacama, onde teremos 4 pernoites.

Chegada ao hotel e noite livre.

ATACAMA 05.jpg
ATACAMA 06.jpg
ATACAMA 07.jpg
ATACAMA 08.jpg

2° DIA  - SAN PEDRO DE ATACAMA > QUEBRADA DE GUATIN

Nosso primeiro ensaio fotográfico no deserto será na caminhada pela Quebrada de Guatin, um oásis no encontro dos rios Purifica e Puritama. Excelente para retratar o contraste entre o deserto rochoso e a vegetação ciliar cujos cactos gigantes e centenários podem alcançam 5m de altura. Ao fundo, montanhas e um céu azul intenso intensificam a profundida das fotografias. 

O local encontra-se próximo a San Pedro e proporciona uma caminhada repleta de clicks pelas encostas pedregosas e cobertas de centenas de cactos e diferente de tudo que iremos ver no deserto. Retorno ao hotel. 

Tarde livre para exploração e fotografia da vila da San Pedro. Localizada aos pés do Vulcão Licancabur, a 2.400m de altitude, San Pedro é considerada a capital arqueológica do Chile e entrada para quem visita o Atacama. A vila, com suas ruelas de casas de adobe, restaurantes e lojas de artesanato pode ser percorrida a pé e de carro para atrativos de curta distância: a Igreja de San Pedro construída de adobe,  madeira de cacto e couro de guanaco, é um legado dos colonizadores espanhóis; o Museu Arqueológico Padre Gustavo Le Paige possui um rico acervo com peças de cerâmica,  múmias e outros objetos que contam a história e  evolução dos povos atacamenhos;  as ruinas de Pukara de Quitor, uma antiga fortaleza inca, a 13 km de San Pedro,  é também um mirante com uma bela visão panorâmica. 

ATACAMA 09.jpg
ATACAMA 10.jpg
ATACAMA 11.jpg

Para a noite, fotografaremos o céu do deserto conhecido por ser o mais límpido do planeta, devido à altitude, aridez e pouca luminosidade. Essa atividade será guiada por especialista, num verdadeiro tour astronômico.

A visita ao observatório, onde se encontra um dos maiores telescópios privados da região, terá o acompanhamento de um astrônomo que nos ajudará a descobrir o céu do hemisfério sul com suas estrelas, constelações, planetas e galáxias.

Volta ao hotel. Pernoite em San Pedro de Atacama (C).

ATACAMA 12.jpg

3° DIA - VALE DO ARCO ÍRIS E VALES DA LUA E DA MORTE

Para aventuras deste dia, nos apresentam as surpreendentes paisagens do deserto com suas cordilheiras, montanhas coloridas, cânions, vales, dunas e arte rupestre. Saída do hotel em direção a Cordilheira de Domeiko para o amanhecer nas regiões de Matancilla e Vale do Arco íris, onde as rochas de diferentes minerais ganham tonalidades diversas num verdadeiro espetáculo de cores com a incidência da luz do sol.  


 

ATACAMA 13.jpg
ATACAMA 14.jpg
ATACAMA 15.jpg

No regresso, faremos uma parada para conhecer os petroglifos de Yierbas Buenas, desenhos milenares gravados num rochedo no meio do deserto, que mostram figuras de animais como llamas, vicunhas, flamingos e macacos. De lá, seguiremos para Cordilheira do Sal, dentro da Reserva Nacional Los Flamencos, para visitarmos um dos lugares mais procurados para a contemplação do pôr-do-sol, os Vales da Lua e da Morte, que no entardecer ganham formas que lembram a superfície lunar. Esse passeio nos levará as cavernas, vales, esculturas de sal, e as dunas de onde será possível fotografar paisagens indescritíveis, tendo ao fundo a Cordilheira dos Andes e o vulcão Licancabur. Volta ao hotel. Pernoite em San Pedro (C, BL).

ATACAMA 16.jpg
ATACAMA 17.jpg

4° DIA - LAGOAS ALTIPLÂNICAS E SALAR DE ATACAMA

Pela manhã, percorreremos aproximadamente 110km, em direção ao sudeste até as lagoas altiplânicas de Miñique e Miscanti, parte da Reserva Nacional Los Flamencos e próximas ao Salar de Atacama. Localizadas a 4.300m de altitude, essas lagoas de impressionante cor verde-turquesa são contornadas por uma branca camada de sal tendo sido formadas pelas águas de degelo dos vulcões do mesmo nome. 

O cenário é exuberante e as possibilidades para fotografia são inúmeras! As lagoas abrigam uma avifauna típica do altiplano e animais como viscachas, vicunhas e raposas são frequentemente observados.

 

ATACAMA 18.jpg

Na volta, parada para o almoço na vila de Socaire, comunidade tradicional de agricultores e artesãos e uma breve visita a vila de Toconao, para conhecer sua igreja colonial e as construções de liparita, uma rocha vulcânica encontrada na região.

Para o entardecer seguiremos para um outro setor da Reserva Nacional Los Flamencos, o Salar de Atacama, uma imensa planície de sal de 3.000km². Nessa região do salar, nosso último passeio do dia será a 
Lagoa Chaxa, um santuário natural que abriga diversas espécies de aves do altiplano incluindo os flamingos, que ali se reproduzem e encontram alimento. 

No local é possível caminhar pelas trilhas de sal em que as cores e texturas criam um contraste fantástico para a fotografia, juntamente com a vista das montanhas, vulcões e flamingos refletidos nas lagoas que são verdadeiros espelhos d´água. 

Volta a San Pedro. Pernoite em San Pedro (C, AL).

5° DIA – SALAR DE TARA E MONJES DE LA PACANA

Cerca de 140 km de San Pedro de Atacama e a uma altitude de 4.400 m, está o Salar de Tara, local perfeito para fotografar a encantadora fauna e flora típicas da região. As suas maiores atrações geográficas são Monges de Pacana, formações rochosas gigantes moldas pela erosão do vento cujas formas se parecem com monges. Ainda, temos as Catedrais de Cenizas formadas, principalmente de cinzas do Vulcão Llaima

Local maravilhoso para desfrutar de momentos de muita paz e captar, com tranquilidade, as imagens deste lugar particular.

Retorno a San Pedro de Atacama e noite livre (C,BL).

ATACAMA 19.jpg

6° DIA - GEISERES DEL TATIO E TERMAS DE PURITAMA

O nosso dia começará por volta das 4h da manhã, para chegarmos aos Gêisers del Tatio antes do nascer do sol, sendo o percurso de 90km em torno de 2h. Localizados ao norte de San Pedro, na Cordilheira dos Andes, a 4.320m de altitude, esse campo geotérmico é formado por dezenas de gêiseres, considerados os mais altos existentes. Os gêiseres tem sua origem no magma e são formados quando águas subterrâneas entram em contato com rochas quentes das profundezas da crosta terrestre, transformando-se em água fervente e vapor, que são expelidos através de fissuras para a superfície, sob enorme pressão e com temperaturas até 85°C. O passeio é conduzido dentro desse campo geotérmico e para que o vapor seja visível é necessário a baixa temperatura da manhã. Por isso, o passeio começa de madrugada e o café da manhã é servido no local.

ATACAMA 20.jpg
ATACAMA 21.jpg

No caminho de volta, faremos paradas para fotografar locais como o povoado de Machuca e visitar as termas de Puritama, para um relaxante banho nos poços de água que atingem 35°C e são ricos em propriedades medicinais. Retorno ao hotel durante a tarde. Pernoite em San Pedro (C, BL).

ATACAMA 22.jpg

7° DIA - CALAMA > SANTIAGO > SÃO PAULO OU BELO HORIZONTE

Pela manhã, transfer para o aeroporto de Calama e voo para Santiago com conexão para o Brasil (C).

Informações Importantes

Datas e preços sob consulta - Preencha o formulário e receba nosso contato e mais informações.

Hospedagem:

ATACAMA 24.jpg
ATACAMA 23.jpg
ATACAMA 25.jpg
ATACAMA 26.jpg

O pacote inclui:
 

  • Apoio contínuo da Equipe MaratonaFoto.com (localidades, fotografia, dicas, etc)

  • Passagem aérea voando TAM/LAN – classe econômica

  • 06 noites no Hotel Casa de Don Tomas, com café da manhã

  • Todos os tours descritos no roteiro serão privativos para: Quebrada de Guatin, Vale da Lua e da Morte,  Vale do Arco-íris, Lagoas Altiplânicas e Salar de Atacama, Geiser del Tatio, Salar de Tara e o Tour Astronômico

  • Alimentação conforme descrito no roteiro. C – Café da manhã -  BL – Lanche de campo -  AL – Almoço

  • acompanhamento, desde o Brasil, de guia especializada;  

  • traslados de chegada e saída (privativos);

  • seguro de assistência AssistCard.

O pacote não inclui:
 

  • Extras como lavanderia, telefonemas, entre outros.

  • Tudo o que não estiver apresentado no item "o pacote inclui".

Observações:
* Os voos e serviços podem sofrer alterações, sem aviso prévio.

ALERTA.jpg

Recomendações importantes:

Como se trata de uma área desértica e 
com alta luminosidade solar, 
é recomendável tomar algumas precauções:

 

  • A cidade de San Pedro está a uma altitude de 2.400 metros acima do nível mar. Alguns passeios estarão em torno de até 4.300 metros (Tatio e Lagunas Altiplânicas);

  • Beba bastante líquido, principalmente água, independentemente de ter sede ou não;

  • É altamente recomendável o uso de protetor solar e labial (mínimo fator de proteção 30) e hidrante corporal, devido a baixa umidade do ar;

  • Imprescindível o uso de óculos escuros, com boa proteção e chapéu;

  • As temperaturas variam de quentes durante o dia (média de 20° Celsius) e à noite podem cair abaixo de zero. Nos passeios em locais de alta altitude, em especial os de Gêisers del Tatio, sempre no período da manhã, as temperaturas estão abaixo de zero graus Celsius, podendo atingir 10° Celsius negativos. Por isso o vestuário deve ser apropriado. O melhor é usar a técnica "cebola", utilizando várias camadas de roupas finas para serem retiradas a medida que a temperatura aumentar. O ideal é uma "segunda pele", um casaco leve, tipo "fleece" ou "polar“ e um casaco “corta vento” apropriado para este tipo de ambiente;

  • Usar botas de caminhada confortáveis e quentes com meias térmicas e um par de sapatos leves para caminhada na vila para as horas de descanso;

  • Levar roupas de banho e toalha para a visita aos Gêisers e Puritama;

  • Ter sempre na mochila barras de cereal ou outros alimentos de sua preferência além da água;

  • A voltagem no Chile é de 220V

  • Tomada tipo C, portanto recomendamos levar um adaptador universal.

Maratona Foto LOGO.jpg

Breve dicas com seu equipamento fotográfico no Atacama:
 

  • Em alguns momentos faremos caminhadas para acessar os spots certos e portanto não esqueça de proteger seu equipamento em uma case ou mochila;

  • As paisagens são impressionantes então garanta espaço de armazenamento ou com cartões de memória extra ou algum dispositivo para descarregar garantindo o backup de seus arquivos;

  • Proteja suas lentes com filtro UV;

  • Leve um pincel e uma bombinha de ar manual para remover areia e pó;

  • O ar rarefeito torna o céu do deserto mágico numa 17mm;

  • Leve seu equipamento em bolsa equipada com saco protetor de "rápido acesso" para o caso de precisar proteger a câmera;

  • Tire algumas fotos do deserto com filtro polarizado, você vai se surpreender com as cores;

  • Não deixe equipamento em locais que podem aquecer demais como quartos fechados e carros;

  • Cuidado ao trocar lentes, principalmente se o deserto tiver ventando;

  • Não ponha suas malas de equipamentos sobre areia ou pó;

  • E sempre conte com nossa equipe que estará atenta e pronta para ajudar no que for possível.